1. Neil Young, Drifting back
    Video-still

     

  2.  

  3. Luc Tuymans
    Embroidery, 1999  
    Óleo sobre lienzo / Oil on canvas

     

  4. Cathy watching the rain, Venice
    B/W print 15x20
    ©Triciclo

     
  5. tri-ciclo:


    Untitled
    , Lisboa, 2012
    ©Triciclo

     

  6. Cais das Colunas, Lisboa, [s.d.]
    Ferreira da Cunha (1901-1970)

     

  7. "all art emulates the condition of ritual. That is what it comes from and to that it must always return for nourishment."
    — T.S. Eliot, The Dial 75
     

  8. Paul Arma’s Hands
    André Kertész, 1928

     


  9. Janine Jansen Plays Bach : Partita No.2 for Solo Violin


     

  10. André Kertész
    Angel Behind Tree, 1966 
    Silver Gelatine

     

  11. excerto / Ø horas

    (…)

    Zero horas, assim está tudo bem.
    Vejamos, João a trepar a uma Arvore no recreio, e a ver muito melhor que nós o que se passa à sua volta, a pegar em bagas secas e a acertar-nos em cheio, como perguntas que procuram saber quem somos, quem somos, quem somos, pimba, na cabeça.
    As outras crianças a chamar o macaquinho, atiram paus ao alto, mas que nem chegam perto do Grande Maior.
    Filho de pais-atletas de competição, que saltam barreiras de escritórios de betão com a facilidade dos grandes desportistas, nada mais natural, exactamente.
    Pimba, mais uma na testa do melhor aluno a matemática, e logo uma professora aos gritos, a gesticular muito, parecida de mais com o João para se dar conta; mas o João dá conta disso, de uma dor perfumada que ela carrega.
    Sente o seu cheiro a irromper no pátio, e a soltar-se por baixo da arvore como um bravo-miasma, enquanto com gestos descontrolados e luxuriosos, lhe ordena que desça ao reino cá-da-terra, muito embora nas alturas só o Verde-Silêncio importe, exactamente.

     

  12. il deserto rosso 
    (1964)
    Michelangelo Antonioni

    (Source: descroissants, via r-eminiscenc-e)

     

  13. Carlos Jurado
    Desnudo con Manzana, 1973

     

  14. "You cannot live when you are untouchable. Life is vulnerability."
    — Édouard Boubat, Notebooks, 1958
    From Édouard Boubat: A Gentle Eye  (via thelostdeer)

    (Source: liquidnight, via rougerothko)

     
  15. tumblropenarts:


    Untitled, 2012, BW print, 50x70
    ©Triciclo

    (via tri-ciclo)